Prefácio

Diz a canção: “É, viver não é fácil, não vá se iludir pensando que é só prazer. Quem tem Deus se faz forte mas, mesmo assim, vai se magoar” (Gilson Caríssimo - Grupo Alcance). Estas contundentes declarações nos colocam diante de verdades que, se pudéssemos, faríamos de conta que não existem. Sofrimento, fracasso, frustração, derrota são sempre temas inquietantes, mas também realidades às quais todos estão sujeitos a viver e, por isso mesmo, desafiados a superá-las.
Convicto disso Presbítero Sylvio nos convida a um profundo mergulho na temática do sofrimento e da provação, propondo-nos enxergá-los sob a ótica da fé e da esperança em Deus. Os tempos adversos são realidade na vida de qualquer pessoa, porém, o mais importante, é que a presença de Deus é a garantia maior que se pode ter frente a tal realidade.
Com a certeza de “...que com Deus, em Deus e para Deus tudo tem solução, pois Ele não conhece impossíveis”, Sylvio nos exorta ao exercício da fé, à perseverança frente às provações, à busca de renovo de forças em Deus, à confiança na graça divina, à alegria de sonhar com a vitória, ao vislumbre de novos caminhos e à expectativa prazerosa de que das mãos de Deus virá um novo presente no meio de nossas dores e dilemas.
O autor não nos propõe palavras superficiais e receitas simples que massageiem o ego e nos dêem a sensação de alívio, mas que não passam disso. Muito pelo contrário, com a ousadia de um profeta, Presbítero Sylvio nos apresenta valores e princípios extraídos da palavra de Deus, através de exposições bíblicas consistentes. E, assim, nos desafia à obediência e à fé ao mesmo tempo em que nos encoraja com as seguras esperanças no Deus fiel e poderoso.
Ao longo da leitura seremos colocados diante de personagens bíblicos tais como Abraão, Davi, Ana, Pedro e outros mais que passaram pela realidade do sofrimento e tiveram na presença de Deus o refúgio e a direção para vencerem suas aflições. Diante de tais citações e da exposição das condições e limitações humanas, vividas por aqueles servos de Deus, o leitor certamente será levado a vivenciar o que diz Tiago 5.17: “Elias era homem semelhante a nós, sujeito às mesmas paixões, e orou com instância para que não chovesse e não choveu...”. Sim, a mensagem do livro nos chama a entender que ainda hoje podemos contar com a presença e ação de Deus em nossa vida, e, que se nos lançarmos a uma vida de entrega à sua vontade e de esperança em suas promessas, como viveram os seus servos no passado, seremos agraciados com sua misericórdia a cada dia.
Consciente de que não podemos apenas falar de Deus, mas, principalmente, viver em Deus, Sylvio se coloca dentro do livro com narrativas de experiências pelas quais passou e nas quais experimentou a mão poderosa de Deus a supri-lo quando tudo parecia sem solução, a corrigi-lo quando estava se distanciando do caminho reto e a usá-lo como instrumento de bençãos na vida dos outros. A escrita é simples e por isso torna agradável a leitura. Mas, sobretudo, o conteúdo é profundo e, por isso, traz responsabilidade a quem lê. Tal responsabilidade não deve gerar medo que te faça desistir da leitura, mas sim temor que te faça colocar-se diante do Senhor em oração a cada momento que se veja frente aos compromissos da vontade de Deus.
Sinto-me honrado, mas acima de tudo grato, porque, mais do que prefaciar a esta obra, pude ser edificado por aquilo que ela traz. Agradeço e oro a Deus por Sylvio, Beatriz, Amannda e Louise para que continuem servindo ao Senhor de todo coração. Desfruto do privilégio de conhecê-los e gozar de sua amizade. Por isso, com liberdade, posso dizer que Sylvio fala daquilo que crê e que se propõe viver segundo a vontade de Deus, consciente de suas limitações e, por isso mesmo, profundamente dependente da ação provisora do Espírito Santo do Senhor.
Creio plenamente na edificação de sua vida, querido leitor, através das palavras deste livro. Creio no presente especial de Deus para sua vida conquanto seja levá-lo ao conhecimento e vivencia de sua divina vontade, especialmente nos momentos mais difíceis de seu viver. Oro para que, na graça do Senhor, você goze do socorro e da vida que só Cristo pode operar. E, se neste momento, “tudo pareça estar perdido... busque viver uma vida intensa com Deus, pois isto é escolher a melhor maneira de viver a vida”.
Deus te abençoe.
Rev. Adelino José. 
Pastor Titular da Igreja Presbiteriana de Olaria
-->